27 dezembro 2005

Dezembro, mês do Natal ...


Lisboa, Miradouro da Srª do Monte, 27 de Dezembro de 2005 às 12h21.

Depois das festas de Natal, Lisboa desperta pouco a pouco. Nota-se ainda pouco movimento de carros e de pessoas nas ruas. Algumas sortudas só regressam ao trabalho para o ano. Eh! Eh! Eh! ;)

3 comentários:

Professor Pardal disse...

É por estas e por outras que o país não anda para a frente! ;)

Concorda comigo menina Laranja com Canela!? :)

rutemoura disse...

Quem têm de trabalhar para este país andar para a frente fica com inveja dos que mesmo depois do Natal não largam os centros comerciais, agora para trocar as prendas... será que já ninguem aproveita os dias livres apenas para passear?!

Laranja com Canela disse...

Os centros comerciais são o vicío de algumas pessoas e a maior parte das famílias aproveita para passear aí, em vez de ir para jardins ou museus.Vai a família toda, almoçam junk food e para os pais é um descanso, pois os meninos não podem ir para muito longe. Enfim, é o estilo de vida de uma sociedade cada vez mais consumista e dependente do estilo de vida que cria.

Saramago, no livro A Caverna fala-nos do modo como vivemos cada vez mais iludidos por estas "catedrais do consumo", sem janelas, em que consumir é um dever. É necessário mudar mentalidades, sairmos da caverna e contemplar a luz do sol, do saber. Não devemos viver unicamente agarrados ao que nos dizem que devemos consumir ou ser.

Professor Pardal,os problemas do país não são alguns dias de férias no Natal. Pois se assim fosse, estávamos todos bem, não concorda?