08 abril 2006

O cemitério dos livros esquecidos ...

Emprestaram-me este livro há já algum tempo. Mas só agora comecei. Do pouco que já li, fascinou-me a ideia de um Cemitério dos Livros Esquecidos. Acho fascinante.

Barcelona - 1945. Daniel vive com o pai. A mãe morreu quando tinha apenas 4 anos.

Um dia, o pai leva-o ao Cemitério dos Livros Esquecidos e diz-lhe:
«- Este lugar é um mistério, Daniel, um santuário. Cada livro, cada volume que vês, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro muda de mãos, cada vez que alguém desliza o olhar pelas suas páginas, o seu espírito cresce e torna-se forte. Há já muitos anos, quando o meu pai me trouxe pela primeira vez aqui, este lugar já era velho. Talvez tão velho como a própria cidade. Ninguém sabe de ciência certa desde quando existe, ou quem o criou. Dir-te-ei o que o meu pai me disse a mim. Quando uma biblioteca desaparece, quando uma livraria fecha as suas portas, quando um livro se perde no esquecimento, os que conhecemos este lugar, os guardiães, asseguramo-nos de que chegue aqui. Neste lugar, os livros de que já ninguém se lembra, os livros que se perderam no tempo, vivem para sempre, esperando chegar um dia às mãos de um novo leitor, de um novo espírito. Na loja nós vendemo-los e compramo-los, mas na realidade os livros não têm dono. Cada livro que aqui vês foi o melhor amigo de alguém. (...)»

Carlos Ruiz Zafón, A Sombra do Vento, Dom Quixote, P. 13

6 comentários:

Minerva McGonagall disse...

Fiquei curiosa, vou ler!

totoia disse...

Um dos melhores livros que já li!

rosa carne disse...

eu gostei bastante. curiosamente também me custou a começá-lo, mas depois nao larguei até acabar

joaninha disse...

Estou a meio do livro e estou a adorar. Nunca tinha lido nada deste autor e aconselho a sua leitura.

BARBARA disse...

JÁ TERMINEI ESSE LIVRO,RECOMENDO Á TODOS ...NÃO CONSIGO DEFINIR EM PALAVRAS O QUE SENTIMOS QUANDO TERMINAMOS DE LER ESSE MAGNIFICO LIVRO!!! AGORA ESTOU TERMINANDO "O JOGO DO ANJO" MAIS UMA OBRA PRIMA DE CARLOS RUIZ ZAFÓN OUTRA MARAVILHA!!!!!

Laranjinha disse...

Olá Bárbara,
eu concordo com a sua opinião. O livro é magnífico. O Jogo dos Anjos ainda não li.
Beijinhos.