22 janeiro 2006

Match Point

Match Point é o título do último filme de Woody Allen. Conta-nos a história de um jovem ex-tenista, Chris Wilton (Jonathan Rhys-Meyers), que abandonou os courts e ganha a vida dando aulas de ténis num clube. Sobe na vida ajudado por uma jovem rica, Chloe (Emily Mortimer), com a qual casa. No entanto, Chris apaixona-se por Nola (Scarlett Johansson), a namorada de Tom (Matthew Goode) (irmão de Chloe). Nola é americana e ambiciona ser actriz, mas as audições revelam-se sempre fracassos. A mãe de Tom não concorda com o namoro, o que acaba por interferir na relação.

Chris continua a subir na vida, fortemente apoiado pelo sogro. Aparenta um comportamento exemplar para a família, enquanto cede ao desejo e se envolve apaixonadamente com Nola.

A vida de Chris entra numa encruzilhada quando Nola descobre que está grávida. Chris tem sobre os ombros a decisão de, por um lado, deixar a vida de luxo a que se habitou ou, por outro, ficar com Nola.

Divido o filme em duas partes: - a primeira em que vamos conhecendo as personagens, os seus estilos de vida, o casamento de Chris com Chloe e a relação de Chris com Nola. A segunda parte é vivida a partir do momento em que Nola descobre que está grávida e pressiona Chris a ficar com ela. Se a primeira parte é vivida com alguma calma, já a segunda não o é. Sucedem-se um conjunto de acontecimentos trágicos, sentimos que o protoganista está a pisar o risco, tudo pode acontecer.

É um filme sobre ambição, sentimentos, desejos e o desespero de ter que decidir entre manter o que se tem e o imprevisível.

Há coisas que não nos cabe a nós decidir. O lado para o qual a bola vai cair é fruto da sorte.

O filme foi filmado em Londres e conta com a participação de vários actores ingleses.

Match Point é um filme a não perder!

1 comentário:

Ladyhari disse...

Filme completamente atípico do Woody Allen... pelo local escolhido, actores e enredo...