03 Agosto 2006

A Herança de Eszter


A Herança de Eszter conta-nos a história de um amor. Mas não um amor no sentido a que estamos acostumados.

Somos guiados nessa história pela mão de Eszter, assim vamos descobrindo como amou Lajos e como este sempre enganou todos os que o rodeavam. Sempre cheio de dívidas e muitas falsas histórias.

Lajos, embora apaixonado por Eszter, acabou por casar com a sua irmã, Vilma. Passados 20 anos, Eszter recebe em sua casa Lajos e os seus filhos. Nesse encontro, fala-se do passado, descobrem-se carácteres e Eszter deixa-se envolver com a conversa de Lajos.

Ao longo do livro sentimos que Eszter vai ceder, queremos alertá-la, dar-lhe força, mas sabemos que não conseguimos. Depois de ler o livro senti-me um pouco triste pela inevitabilidade da situação de Eszter. Nunca o deixou de amar. Fizesse, o que ele fizesse.

De Sándor Márai encontramos também publicado pela D. Quixote a obra As Velas Ardem até ao Fim.

4 comentários:

totoia disse...

Recomenda? Já o comprei mas ainda não peguei nele, ando a passear o Eça de Queiroz e o Gonçado Cadilhe.

Laranja com Canela disse...

O Eça ainda não tenho e da Fnac não me disseram nada. Mas até Setembro, ainda tenho tempo.
De Sándor Márai já tinha lido As Velas Ardem até ao Fim e adorei. Segue a mesma linha de escrita, que eu adoro. Simples (!) e ao mesmo tempo sublime. Tens que ler!

totoia disse...

ok, é já a seguir...

india disse...

Já li As velas e tombei neste por acaso no Mil folhas do Público. Fiquei curiosa.
Lá para o fim do Verão. :)