13 junho 2006

Primeiro as Senhoras

Primeiro as Senhoras é um livro que se lê muito bem. Resumidamente, é a conversa de Edgar, um bom malandro e o inspector da polícia, que nunca faz perguntas. Edgar relata o seu rapto e vai entrelaçando na conversa outros pormenores da sua vida.

Edgar procura ajudar o inspector a deslindar o seu caso. À medida que a conversa avança, vamos percebendo que Edgar não é assim tão inocente. Mas tem uma grande lábia.

Mário Zambujal escreve com humor, com situações muito caricatas e divertidas.

Desde que me lembro sempre conheci Mário Zambujal (principalmente da televisão), mas este foi o primeiro livro dele que li. Fiquei com vontade de ler os outros.

4 comentários:

india disse...

Li há muitos anos a Crónica dos bons malandros. Tem uma galeria de personagens interessante e que define um certo "bas fond" da cidade. Vinte anos depois estou curiosa para ler este.

totoia disse...

Acabei de o ler hoje, tb gostei. É um livro bem disposto. Agora quero ler a Crónica dos bons malandros.

Laranja com Canela disse...

Hoje passei pela Fnac do Colombo e de Mário Zambujal só tinham à venda "Primeiro as Senhoras". Acho que é uma vergonha, uma livraria com a reputação da Fnac. Fiquei chateada.
Passei pela Bertrand e consegui comprar a Crónica dos Bons Malandros. É também a minha próxima leitura.

demascarenhas disse...

Mário Zambujal, para além de jornalista e apresentador de televisão muito apreciado, é, também, um escritor imperdível. Depois da ?Crónica dos Bons Malandros?, publicou ?Histórias do Fim da Rua? e ?À Noite Logo se Vê?. Todas estas ?estórias? têm um traço comum, transversal em tudo o que escreve, o seu fino humor e a linguagem fresca e facilmente assimilada por todos.
Para ler ou reler...