13 março 2006

Lisboa à tarde ...

Ontem, eu e meia Lisboa resolvemos passear pelo Parque das Nações. O dia convidava ao passeio... estava óptimo.

O Parque estava cheio de gente, uns a passear ou a andar de bicicleta, outros nas esplanadas a conversar ou a namorar e outros ainda, sentados, simplesmente a contemplar o rio ... O Parque das Nações é uma das poucas zonas, em Lisboa, onde se pode passear sem a confusão do trânsito.

Lisboa deveria viver mais o Tejo. Que se criem mais Parques das Nações!

8 comentários:

Marco disse...

E lisboa e nas outras cidades. Convém esquecer que a alma não gosta de betão!

Laranja com Canela disse...

As nossas cidades não são pensadas com espaços para passear nem com jardins. Não se pensa na qualidade de vida, é pena...

totoia disse...

Pois esteve de facto um dia muito bonito, infelizmente só pude apreciar o dia pela janela, ocupei o meu fim de semana a pintar a casa... que ideia tão triste!!

Bocage disse...

Concordo inteiramente! Ontem esteve um óptimo dia para passear, e o Parque das Nações é um dos sítios mais convidativos para passear!
Mas desde logo deixo aqui outra sugestão: passem pelo jardim da Estrela, é um espaço muito acolhedor!
Deviamos fazer uma petição a exigir mais espaços verdes para a nossa querida cidade!

Bocage disse...

Aproveito para lhe dar os meus sinceros párabens pelo fantástico blog que tem!
Muitos Beijinhos

G. disse...

Querida Laranjinha e amiguinho Pardal,

Estou cheia de saudades vossas!!!!
Espero que este fim-de-semana possamos beber um chá e comer todas aquelas pequenas grandes coisas que nos enchem o bucho à grande e à francesa sempre que nos encontramos... Estou faminta disso!
Quando? Quando? Quando?
A propósito de amiguinhos... O Turista Profissional já voltou? É como disse, tou cheia de saudades vossas...

Zyro disse...

Convido o autor deste blog para uma visita a

http://blogblogblogcinema.blogspot.com/
Participa.
Bons blogues.

Anónimo disse...

Também é de aproveitar os dias bonitos numa caminhada a pé, à beira rio.
A paisagem é magnifica, desde Algés.
Fica aqui um convite: não deixem de ir e tomem um café em alguma das esplanadas.

Filipa